Aquele segredinho 6 - três cus, dois paus, uma buceta e dois pares de seios

Um conto erótico de Marcelo
Categoria: Grupal
Data: 04/08/2019 00:51:57
Última revisão: 13/08/2019 01:42:53
Nota 10.00

Três cus, uma buceta, dois caralhos, e quatro seios. Sim, caro leitor, é isso mesmo, eu não errei a conta.

Tinha recém acabado a aula. Peguei minhas coisas rapidinho, me despedi dos meus colegas e fui embora. Estava uma noite fria. Mesmo com um blusão de lã e minha jaqueta de couro, eu ainda tremia um pouco. Um vapor saia da minha boca a cada respiração. O pior era o vento, aquele vento gelado que entra na roupa deixando tudo mais gelado e faz parecer que tu mergulhou o rosto numa pedra de gelo. Porto Alegre não é uma cidade lá muito bem iluminada, as lâmpadas amarelas dos postes deixam tudo mais assustador. Vultos pretos aparecem próximos dos prédios. Finalmente chego no prédio onde estamos morando. Abro a porta, entro, pego o elevador e logo estou na porta do apartamento. Uma música toca lá dentro.

Ao abrir a porta uma onda de ar quente e seco se choca com meu rosto. "Nossa! Que calor!" Tudo está a meia luz. Da janela se avista as luzes da cidade. Na TV toca o clipe da música e tem duas taças de vinho tinto na mesa de centro. Tiro minha jaqueta e meu blusão e jogo no sofá. Tropeço numa calça feminina, olho pra baixo e vejo outra calça, uma blusa, sutiãs, etc tudo fazendo uma trilha em direção ao quarto. Sigo o rastro já ouvindo umas risadas. Olho pra dentro e vejo duas meninas lindas, nuas, sentadas na cama uma de frente para a outra, que se beijam apaixonadamente.

- Meninas!

Após o susto ambas me olham e dão aquele sorriso lindo e safado.

- Chegou o nosso homem! E aí bonitão, que tu está esperando? - me disse a Ju

Elas se levantam e vêm em minha direção. A visão daqueles dois pares de seios se aproximando acompanhados daquelas carinhas safadas é o suficiente pra fazer gozar qualquer moleque de 13 anos. Já chegam beijando a minha boca em grupo. Uma de cada lado, um beijo grupal onde três línguas se encostam e se cumprimentam. Enquanto isso, lá embaixo, quatro mãos se revezam nas tarefas de abrir meu cinto, minha braguilha, o botão e mandar minhas calças pro chão. Daí é só uma questão de tempo pra primeira mão achar o que estavam procurando sendo seguida das outras abusadas que nem pedem licença. O ministério da saúde adverte que isso pode dar um infarto em qualquer velhinho, cuidado!

Logo em seguida as duas bocas abandonam a minha atrás de algo mais interessante. Aqueles dois sorrisinho safados logo chegam ao seu destino. Meu pau é engolido por duas bocas, uma de cada lado do coitado. Uma delas desce e engole uma bola, enquanto a outra sobe abocanha a cabeça da cobra.

- Aahhhhh!

- Isso! Geme, safado!

Diz a boquinha que suga a bola! Olhando pra baixo eu vejo duas cabeleiras loiras encobrindo meu pau e mas embaixo duas bundas lisinhas e branquinhas. "Aí, eu não posso gozar agora! Não antes de aproveitar pelo menos uma daquelas bundas!". A loira que chupava minha bola agora fica de pé e me ajuda a tirar minha camisa. Eu olho aqueles seios fartos, aquela barriguinha de estátua grega e aquela pepeca lisinha. Logo minha mão já está nela enfiando meus dedos naquele buraco mega molhado. Mas espera! Onde está aquele botãozinho mágico? Deve estar por aqui…

- HHAAAAII MARCELOOOOO! HMMMM!

Achei! Hahaha! A outra loirinha linda atende aos gemidos altos da vítima dos meus dedos e também se põe de pé. Ela faz a tarada se virar e dá um tabefe bem dado naquela bunda, deixando a marca da mão numa das nádegas!

- Ai Juuuu!

- Fica de joelhos sua vadia!

E antes que a pobrezinha tenha tempo de fazer isso a danada da Ju dá outro tapa bem dado na outra nádega.

- Agora chupa o meu pau!

Isso é surreal! Duas loiras lindas, mas uma delas tem um pau grande o suficiente pra deixar muito machão envergonhado. Nem Dali seria capaz de fazer um quadro desses! A pobre Ângela chupa aquele piroca grossa, suas bochechas já estão vermelhinhas. Eu me aproximo e posiciono meu pau do lado da pica da Ju.

- Mete os dois na boca sua vadia! Mete! - diz a Ju

Não sei como ela consegue colocar aquelas duas cabeças grandes naquela boquinha. Mas ela é uma menina obediente! Enquanto isso a gente ouve um pingo caindo no chão de madeira. Outro logo depois.

- Depois tu vai ter que limpar toda essa meleca da tua buceta desse chão! Agora chupa bem essas picas. Lambuza bem que depois elas vão entrar no teu rabo! Lambuza bem pra que elas entrem mais fácil e doa menos, vadia!!

Pobre Ângela! Ela tem um medo de dar o cu terrível, mas a Ju não está nem aí!

- Levanta e fica de quatro na cama!

Nossa escravinha obediente logo se posiciona. Enquanto eu ataco por trás, a ju ataca pela frente. Meu pau entra naquela buceta como uma faca quente na manteiga. Enquanto isso a Ju pega na nuca da Ângela obrigado ela a meter tudo na boca! Dá pra ouvir o som da garganta do meu anjo ali engasgando com a piroca demoníaca da Ju! "Tu vai matar nosso anjinho, sua diaba!". Ela solta a cabeça da coitada que tosse loucamente e logo mete o pau na boca de novo.

Dá pra sentir aquele pingo caindo no colchão enquanto meu cacete entra fundo na xana! A Ju não para de me olhar com aqueles olhos azuis e aquela boca cheia de tesão! Ela pede pra trocar. Nossa escrava se vira. Sua boca mergulha meu pau, mas de repente

- AI PÁRA! JU AÍ NÃO!

Ela se vira violentamente, senta sobre os pés de costas pra mim e de frente pra Ju

- MEU CU NÃO!

Ela ficou tão brava que parecia que ia se jogar na Ju. Comecei até a imaginar eu tentando apartar uma briga de mulher!

- Ai! Tá, tá!

- Não come meu cu!

- Ok, calma!

A Ângela, então se vira de volta pra mim e a Ju me olha com cara de louca e mexe os lábios num "O que que tem?" Eu só consigo olhar e rir sem fazer nenhum som pra que a Ângela não saiba que estou rindo. Até porque ela está com meu pau na boca, entre os dentes. A Ju então mete o pau naquela pepeca e pede pra eu comer o cu dela.

É só tirar o meu pau da boca que ela já começa a gemer alto.

- Isso! Geme sua vadia! Geme bastante!

Me posiciono atrás, a Ju pega com as duas mãos o pescoço da Ângela e empina um pouquinho a bunda pra eu entrar.

- Ai Celo! Me fode! Vai!

Eu meto tudo de uma vez. A safada da Ju está agora com uma das mãos na bunda da Ângela e com a outra na minha bunda me forçando a meter mais fundo.

- Huuaaaahhhhh! Ahh! Ahhh! Ahhhhgg!

- Isso que é gozada em!

Pouco tempo depois é a minha vez de gozar. Logo depois a Ângela deitou a minha esquerda de bruços e começou a roncar quase instantaneamente. A minha direita estava a Ju.

- Tu ainda não comeu o cu dela? É sério?

- Ela não quer dar…

- Como assim, Celo!? Por que não?

- Ela disse que ela deu uma vez e foi horrível

- Como assim? É só lubrificar bem, relaxar e gozar! Tu é que não insistiu o suficiente.

- Eu fiquei com pena dela, tadinha!

- Pena?

- Ela não está acostumada como a gente!

- Ah tá! E tu estava acostumado quando te conheci! Tu levou no rabo três vezes e ainda ficou querendo mais. Só no dia seguinte é que deu aquela crise maluca e saiu me xingando como se eu tivesse culpa de você gostar de tomar no cu! Eu devia fazer uma regra aqui em casa, vou colocar uma placa na porta: "só entra nesse apartamento quem já deu e gosta de dar o cu".

- E como é que tu vai saber que ele ou ela realmente deram o cu?

- Hahaha! Sei lá! Faço um interrogatório na entrada.

- Com a dona Lurdes ouvindo?

- HAHAHAHA! Ela vai ter um infarto pobrezinha!

- Kkkkk! Por falar nisso, tu ainda não me comeu desde que a gente voltou.

- Só depois que tu comer o cu dela! Safado!

- Mas por quê?

- Olha, ou tu come ou eu como!

- Fala baixo! Ela vai acordar assim!

- Ela? Ela tá toda gozada, só vai acordar amanhã! Eu é que não sei se vou conseguir dormir com esse ronco todo! Mas assim oh! Se tu comer primeiro eu faço o que tu quiser, mas se eu comer primeiro… - ela parou um pouco pra pensar - Tu só vai me dar no ano que vem.

Ela se virou pro lado ficando de costas pra mim

- Boa noite, Celo! Amanhã eu tenho que trabalhar cedo!

- Boa noite amor!

Eu fiquei ali parado um tempo pensando

- Celo! Me abraça vai! Tu não faz ideia da saudade que eu estava de ti, amor!

Eu a abracei por trás e a gente dormiu rapidinho. No dia seguinte eu acordei morrendo de calor, abraçando a Ju e sendo abraçado pela Ângela. Se a Ângela soubesse que a gente tinha combinado o futuro do cu dela antes de dormir, ela não estaria me abraçando agora. Kkkk.

A Ju é uma safada, né? Primeiro ela veio com um papo de que só ia me deixar comê-la quando eu libertasse a fêmea que eu tinha dentro de mim. Agora ela só me comeria depois que eu comesse o cu da Ângela. Safada!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/08/2019 13:21:53
Queremos a continuação por favor
10/08/2019 02:03:06
Obrigado Feh e VIC! Estava meio preocupado que o pessoal tivesse enjoado dos meus contos. Kkkkkk! Ah, a Ju maravilhosa não só na cama. Acho que eu não sei mais como viver sem a Ju e a Ângela, meu diabinho e meu anjo kkkkk! Elas são super queridas e companheiras! Tem uma briguinha ali e aqui de vez enquanto, claro, mas no geral a gente se dá super bem.
09/08/2019 22:23:10
Marcelo, sensacional, li todos os relatos e é simplesmente perfeito, consigo imaginar vcs perfeitamente, a Ju deve ser deliciosa mesmo, Ancioso pelos próximos relatos, nota mil, de vdd um dos melhores contos do site
VIC
04/08/2019 14:16:33
Parabéns Marcelo...excelente nota 10

Online porn video at mobile phone


doce nanda contos eroticosCerto ou errado?meu irmao amado contos gays cap.9ad bucetad mais petfeitas do mundoConto erotico menina trasando com o professor de dançaMulhers de abatia filmo vdio caseiro pornoputaria. propria para coroa intesa safada gosmenta na mansaofilme porno americano onde objeto exotico liberava o tesao dos personagenscontos eiroticos leilaporncontos trepei com um braco de 23cmX video maê fas bogueti"atolado no meu cuzinho"dando com dorbuceta pro pai irmaotia gostosa pegas sobrijho dorkindo dec cueca com opau praforacontos erotico de puta dando da a buceta pro mendigoxvdnegao dotado come a novinha e a mae gostozainsesto com vovozinhas no porbodoidocachorro nao queria mas degrudar da mulher zoofilia video pornipica no cu da sogra gostosa conto eroticonegão bem dotado chupando e arrombando o c* da novinha louca de lança na casa abandonadahttp://zdorovsreda.ru/texto/2012041092iniciou programa travesti cuzinhovideo de sex com pauzaoassistir agoracontos eróticos a babácontos eroticos de mulheres peidado na hora do sexomulher transando na subida do Ilha Porchat São Vicentevi a namorada do meu amigo pelada contostarado estorando boi no mato xvidio.comhttp://comto erotico comendo cú menina crenteConto erotico cavalguei no meu subrinho emquanto ele dormiasexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaomulher tira prega do cu do macho com straponpassou guspe e comeu meu cucontos de sexomarido bebadomulher transando na subida do Ilha Porchat São Vicentegostosa rabuda negra de shortinho damdo xvideomas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?novinho da pica lamecadaconto erotico comi o cu da sograespozinha fica bricando com amigo do marido e leva no buceta pica peta gigante e gene de dorpornô vai consertar geladeira e ela transa com Letíciafoi tirar foto e acabou impolgando pornowww.clip16.com novinhas do nordeste sexo com putinhas.comfoto de minina da bucetonamenino gossando dentrofinjo de tonto para comer enteada pornôwww.contos deixei titio chupar minha bucetinha na minha infânciaxvideo mulher passa por baixo da corda e arrebenta maiorcontoerotico eu namorada mae e tiomtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1novinha bududinha querendo um pintaobranquelo come e chupa buceta da criuola escravacontos erotico cumir o cuzinho da minha irmazinha deficientenovinha esgassada casada xvidioconto porno provoquei meu filhoPor Fovar ensine minha buceta desagradavel porn full video incesto mae negra aparece na frente do filho de vestidinho pornoboa fodacontos eiroticos leilapornpatrao tirando virgen dade da inpregada sAfada x vidio bucetanuavedeo estropadoe es tropando molherisGeisy Arruda mostrando a buceta alteradaconto garotinho de sorte tranza com vizinhacontos de sexo depilada na praiavidiho porno vijen esdrubonegonas de fio dental esperando o comedormao no cuxvidiosfotos reais de mulheres evangelicas com calca enfiadana bundaManda se solta solta pum bolado na bunda dessa gostosaconto erotico romulo gayquero ver porno bem dotado estrupado as indoneziascontos eiroticos leilapornvídeos pornô brasileiros com mais novinha proibido sussurrando no escurinho comomae sai do banhero e toalha cai pornoirma colo contoacabei liberando cu pro primo masnaogaycontos gay de augusto treppimulheres com avargina aberta explodindo de porraxvideo Comendo a Mulher do Meu Tio Cielypornordoido iniciante em punhetasfamilia surubahttp://contos porno mulher pega carona e estrupadaconto erótico macho da e*******' no viaduto no metrôXVídeos marido dela não tem pica para comer ela ela vai lá no mercado e compra o vibrador da grossura da vida de um cavalo e da o marido dela tá empurrando o cu dela grita demaismtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1porno cosquinha papai cansaducontoserot/mamae pegou eu e meu irmao brincando de medicoXVídeo pornô marido da um homem desceu presente surpresa para mulher com os olhos vendadoscontos erotikos menina novinha troca os cabacos por docescontos eroticos me entreguei p meu genro k me fez d puta