Scat com o trio de barangas parte 1

Um conto erótico de Ylsiel
Categoria: Heterossexual
Data: 10/08/2019 01:08:49
Última revisão: 13/08/2019 01:05:46
Nota 10.00

Vou contar sobre três barangas que eu conheci em uma empresa que trabalhei, pratiquei scat com as três, ou melhor, comi a merda das três, elas particularmente só se excitavam em me ver ser humilhado daquela forma, e tbm pelo sexo, eu adorava comer a merda delas, quando aconteceu o primeiro conto que vou descrever eu só tinha 22 anos trabalhava num empresa que havia algumas mulheres a maioria eram mulheres feias, mais isso me dava tesão, sempre curti isso,mas nunca assumi, sempre namorei mulheres gatas, mais adorava comer raimundas, e tbm amantes de scat. Sou descendente de vietnamitas, moreno de olhos puxados e atléticos, as mulheres do trabalho eram loucas comigo, mais eu tinha que manter minha reputação, e tbm não queria ser chacota dos amigos do trabalho por pegar os bagaços da empresa por quem eu sempre tive tesão é que eram a inspiração das minhas punhetas, vou contar sobre a primeira, não a primeira que peguei onde trabalhava, mais a primeira com quem fiz scat na empresa que trabalhava.Vou chamá-la de Cacau, um apelido. Já era tarde ela ia sozinha para casa após o trabalho.

Desci normal até chegar na porta de seu apê, lá lhe dei um beijo, ela não era bonita, loura bem pálida, magra mais com um corpo gostoso, mais muito feia, dentes para frente e amarelados, eu tinha 22 anos e ela 42, seu rosto já era bem acabado, já havia muitos sinais de idade, ela aparentava ter mais do que tinha, mais seu corpo era de adolescente. Mesmo assim o beijo foi muito bom ela era muito safada, já fui apertando sua bunda enquanto a beijava, não demoramos e subimos para seu apê, já entramos nos agarrado, com beijos fogosos e intensos de tirar o fôlego, quase engolindo um ao outro. Tínhamos acabado de voltar do trabalho depois de um dia cansativo, estávamos bastante suados mais o cheiro do seu suor e saliva no ar estava me deixando louco, queria relaxar um pouco, aquele agarramento realmente tinha tirado meu fôlego, eu só queria naquele momento admirar aquele corpo, magro mais escultural, lindo para sua idade, extremamente branca, com os pentelho bem grande, pelo visto a muito não transava, nossas roupas foram tiradas devagar, coloquei a de costa pra mim e comecei uma massagem seguido de beijos em seu pescoço e costas, ela afim de ficar mais a vontade se deitou no sofá de bruços e nós já totalmente sem roupa, ela já estava bastante excitado pela massagem e carícias, eu fui descendo as minhas mãos até em suas pequenas nádegas, redondinhas mais pequenas, eram perfeitas e cabiam na mão, comecei então a beijala e dar fracas mordidas, seu cuzinho estava peludo, e o cheiro característico de cuzinho azedo estava forte, oq me deu ainda mais tesão, não aguentando mais aquele cheiro maravilhoso saindo daquele bunda gostosa e peluda, passei a língua, aquele gosto salgado de seu suor com aquele cheiro de cu invadio minha boca, o gosto de seu cu estava maravilhoso, ela não imagina que eu faria aquilo, meio relutante mais paralisada pela surpresa e pelo prazer, até um pouco envergonhada, pelo cheiro que estava aquele cu, e mesmo assim eu ali de boca nela, lambi aquele cuzinho até o cheiro não está tão forte, e agora eu precisava sentir o gosto daquela buceta, tbm bastante peluda, ela se virou e arreganhou a perna, cai de boca naquele grelo rosinha, com aquele cheiro forte de buceta azeda, o gosto era mágico, não queria parar ate ela gozar na minha boca, e eu senti todo seu gostinho. Voltei minha atenção para aquele cuzinho, mais só queria sentir seu perfume o cheiro de bosta daquele rabo rosinha é cabeludo me enlouquecia, comecei a passar o dedinho em volta, ela relutou, não curtiu a ideia, eu parei e o cheirei, aquelas fungadas bem profundas, voltei a passar o dedo em seu buraco, percebi o desconforto que ela ficou quando aproximava o dedo no seu cu, então atolei meu dedo rápido e profundamente, ela se assustou, acho que mesmo sabendo que eu iria enfiar meu dedo, ela não acreditou, me dizendo envegonhada que não estava preparada, e não estava mesmo, sentia muita merda naquele cu. Os banheiros da empresa eram sujos e desconfortáveis, ela estava o dia todo sem cagar, quando enfiei, parecia que meu dedo tinha enfiado totalmente num tronco de bosta que estava dentro daquele buraco fedido, eu disse a ela que não ligava, que queria curti aquele momento. Ainda com o dedo em seu rabo, mordi seu lábios em um beijo apaixonado, estávamos tão relaxados que nem percebemos quando meu dedo foi empurrado do seu cuzinho inteiramente sujo de merda, aquele cheiro de esgoto fedia muito, e a sala toda já estava cheirando a merda, ela não curtia scat pelo visto, mais se excitava em me ver excitado, ainda mais quando colequei aquele dedo todo sujo na boca, saboreando como um sorvete, o dedo saiu limpo e eu lambendo os lábios querendo provar mais daquela bosta maravilhosa, amarga e fedorenta, mas aquele gosto é o cheiro que saia daquela mulher fazia meu pau estourar de tesão. Ela então disse que tinha mais para mim, que adorou me ver fazendo aquilo, disse que se eu quisesse teria mais, adorei a ideia. Fomos para o banheiro, ela se agachou no chão e começou a chupar meu pau enquanto eu cheirava meu dedo que acabara de sair todo sujo daquele cuzinho, já estava completamente limpo, mais o cheiro ainda era forte em meu dedo, o tesão era tanto que gozei na sua cara, foi muita porra, estava com muito tesão, ela disse que ainda tinha a minha surpresa, me agachei junto a ela e a beijei, com a mão na sua buceta e ambos muito ofegantes, ela parou de me beijar e começou a fazer força pra cagar, meu tesão já havia voltado naquele momento, e nem parecia que eu tinha acabado de gozar, parei minha mão em baixo do seu cu, e só senti aquela massa quente caindo na minha mão seguido de deliciosos peidos, nossa ela cagou muito, realmente aquela magrinha estava bem entupida, encheu completa minha mão e eu só queria cheirar aquele perfume, ela escondia a cara de nojo, mesmo muito excitada , aquela cara de nojo me deixa ainda mais excitado, não aguentando mais de vontade de sentir o sabor daquela bosta comecei a lamber e enquanto ela me punhetava e chupava meu pau freneticamente, foi quando dei uma grande mordida que encheu toda minha boca, mastiguei por muito tempo, com aquele gosto amargo e aquele cheiro, achei que não conseguiria engolir, mais estava delicioso, engoli então uma grande quantidade sem nem fazer vômito, estava em êxtase, maravilhado em comer o excremento que aquela mulher tinha feito pra mim, e ainda havia muito em minha mão, mais não queria desperdiçar nada, comi tudinho, e que delícia, não havia nos sujado muito, apenas minha mão e seu cuzinho, não podia deixar o serviço incompleto então limpei minha mão com a língua até fica limpinha, com seu rabo fiz o mesmo, além de ter feito um banho completo nela. Mais eu não queria só isso, não tinha ido pra lá só para comer sua bosta, queria comer sua buceta tbm, ainda não tinha comido, ela tbm estava louca pra ser penetrada, mais disse que queria mijar, me perguntou se eu tbm gostava, eu disse que não queria perder nada daquele corpo, entramos no box me sentei ela de pé começou a me jogar um jato de mijo na minha cara, que delícia, amarelinha bem forte, que delícia de jato que tomei na cara, mais queria mesmo era provar da fonte, me aproximei com a boca na sua buceta e bebi tudo como num bebedouro, quando acabou ela me pediu pra enfiar na sua buceta dizendo que não aguentava mais, que eu já havia me divertido, mais ela ainda não, então a comi, buceta apertadinha, que delícia, foi um sexo normal, delicioso, mais ela não me beijou mais na boca,acho que não curtiu gosto de bosta, gozamos juntos e tomamos um banho, foi tudo ótimo, pretendo repetir, ainda sinto saudade do sabor e cheiro daquela mulher.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
Ddd
16/08/2019 05:43:43
Nota 1000 seu conto amigo muito excitante! Nunca pratiquei mas curto tbm scat desde 1989.
VIC
10/08/2019 07:50:19
Ótimo conto

Online porn video at mobile phone


contos de corno minha namorada virou puta de um traficantemarido fica bebado em churrasco e esposa fode com outroME.ININHAS SAPECAS XNXXcasadoscontos espiando a.siriricaPoliciallindo tarado fudedorqual a posicao que temos que fazer quando damos o anus e para o espesma na escorrer para a vaginaloirinhas da minha região, estou doidinho para acabar com seu sufrimento sexual205xvidioporno sem casaminhascotos.eroticos.de.coroas.com.muleki.jegicontos eiroticos leilapornconto gay contei pra ele que queria dar pra eleComto lesbica flagante Pai a tresbaixar vídeo pornô coroas esfregando na caixaviadinho fui tomar sorvete contos eroticosContos gay comi o cu do cafetaoO que é enfezamento na vaginaMeu irmao quis gozar nos meus pezinhos contosConto erótico bricadeiras eradas com o paicontos eróticos chorei mais aguentei a rola enorme do velho BeneditoTraindo meu marido com o caseiro do sitioconto erotico gay viado submisso vira femea do negaoMãeem sinaa filha chupa picaXVídeos cuidadora se dando mal com as presascontos macho alpha casa dos contodcontos eiroticos leilapornmulher passa margarina ela pelada e no cu bem gostosoconto erotico perfurando o cu da magrelacontos erotico minha mae insistiu eu fazer nudismoeu gosto eu gostaria de ver uma coroa perdendo a virgindadecontos eroticos escravasIncesto wattpad de netas e vos tranzandoboyzinha comer na casa do vizinho rola rolaseduzindo novinha escondidopornodoidoMeu Delegado-Contos Eroticos zdorovsreda.rupulando na cama so de causinhaContos eroticos elacareca peladanovinha tertraídoo namorado no celulaver uma superpica estourando as pregas da travesty virjemcontos,eroticos,de,gays novinhos sendo estuprado por jovens craquesentregei uma pizza e mepagou com boqueteanjo discreto casa dos contosconto "duas virgens" enteadavidos pea a.baca irmao meteu a pica na irmanovia e gozo dento da bucetona deladei o cu fiquei arrombada contosVirei travestcasa dos contos eroticos o passado da noiva 2neu cachorro quer ne comer mais so dou meu cu com camisinhaporno fui ajudar minha conhada na cozinha qui ela em gancho a mãorabinhos e xoxotinhas arrombados por picas super grossa e cabeçudaengraxate mundo bichacontos eiroticos leilaporncontos eiroticos leilapornvideo casero de mulhr cassda ssfsnovinaha dormino de vestidinhoMeu irmao tirou minha virgindade da minha buceta no motel conto erotico de incesto de irma virgem e irmao no motelcontos erótico fui fazer massagem no irmão e assustou com tamanha da rola delesinto latejacoes embaixo do sacoflagrei a cunhada f****** Conto Chinêsgosada no trem lotadoquero ver vídeo de novinha mostrando a b***** patinho que rola patinho de rola b*****Contos de marido fazendo esposa cadela confessar traiçãoconto erotico mulher transa com cachorro por chantagembaixa videos anal com loiras rabudas dos vidros boa fodas do dowlades para o selulacontos de lesbianismo entre sinhazinha e sua escravafilmes de diabo comendo ninfetas da belosexoxvideo comendo mulher dormindo cherando fundiu da calsinhasobrinha conto eróticomobile zoofilia com cachora femiagosada no trem lotadotia ribana saia para o sobrinho XVídeosrelatos eroticos de maetarado nuonibucontaminando a dona de casa nova premera parte contoscontos erotico de casadas traindo ele e cupado.cache:wgwchbkIxZAJ:zdorovsreda.ru/texto/201609126 olhando a novinha e depau duro paia de nodimoxvideo sexo na praia de nudismo abricoaorgia na casa de swing mulheres enfiando a b***** nas ruas por trás das paredesfotos de bundas bonziadas nuasdei o cu e estourou minha hemorroida contosvideos pornô coroa tarada cavalo sorcou o cassete todinhocontos eróticos panicat