Mãe e filha com desejo - I

Um conto erótico de edu69
Categoria: Heterossexual
Data: 05/02/2010 09:43:27
Nota 8.83
Assuntos: Heterossexual

A minha atual vizinha, Cris, é um tesão. Quarentona, morena, queimada de sol, seios fartos. Sua casa fica bem de frente para a minha, e quase que diariamente, posso vê-la executando seus serviços domésticos. Isso já acontece a mais de dez anos. Muitas vezes, me masturbava, olhando-a, pela fresta da janela. Enquanto meu desejo por ela aumentava a cada dia, não acompanhava o desenvolvimento de sua filha, Vivian. Um dia vi, através de fotos no Orkut , que aquela adolescente, já havia se tornado mulher (20 aninhos) e passei a ter fantasias com ela também, apesar de não vê-la com tanta freqüência como a mãe. Passei a ver fotos de Vivian, no Orkut, com o namorado (que sempre dava um jeito de tirar uma foto dando uma encoxadinha nela), algumas fotos dela na praia (sempre com biquinis minusculos), e o meu desejo foi aumentando. Evidente, que quando conversávamos, fazia questão de não deixar transparecer meu tesão por mãe e filha, mas um dia tudo acabou mudando.

Era uma manhã de sábado e Cris veio até minha casa pedir ajuda para trocar seu chuveiro, que havia queimado. Seu marido havia viajado e ela estava sem ninguém que pudesse ajudar naquele momento. Óbvio que fui, porem nem pensava no que poderia acontecer. Entrei em sua casa e vi Vivian sentada no sofá. Disse um “oi” e fui ver o trabalho.

Pedi uma cadeira e subi para trocar o chuveiro, mas enquanto tirava, o frágil cano de aluminio acabou quebrando, pois estava com uma rachadura. Bem aumentou o serviço, saí para comprar outro cano e retornei para o trabalho. Voltei a subir na cadeira, enquanto Cris acompanhava da porta, e do nada, começou a comentar a ausência de seu marido. Uma hora ela disse: “Faz tempo que eu pedi para ele trocar esse chuveiro, e agora, precisei pedir pra você. Em tudo que eu peço, ele me fala pra esperar.” Devo confessar que nessa hora, dei uma viajada na maionese, e perguntei; “Em tudo mesmo ?”. Ela respondeu que sim e naquele momento comecei a imaginar ele a deixando esperando na cama. Meu pau foi ficando duro, formando um volume por cima da bermuda, que foi logo notado pela bela mulher.

Bem, eu sabia das safadezas de meu amigo, muitas delas eu estava junto, mas não gostaria de ser safado com ele. Tinha tesão na mulher dele, mas respeitava, mas naquele dia não deu.

Enquanto eu trabalhava, ela se aproximou, e passou a mão no meu pau. Fiquei maluco quando ela disse. “Estou precisando de um desses”, e abaixou minha bermuda, começando a me masturbar. Me apoiei na parede e fiquei ali, literalmente nas alturas, sendo punhetado por aquela bela fêmea.

Enquanto me masturbava ela confessou: “Acha que não via quando você me olhava pela fresta da janela. Aposto que era isso que você fazia, não era ?” Safada, sabia que estava sendo observada, por isso demorava tanto para lavar a calçada; por isso que sempre estava de camiseta sem sutiã nessas horas...

Estava acahando ótimo sentir a mão de Cris no meu pau, quando olho para a porta e vejo Vivan, olhando de cantinho, sua mãe batendo punheta para mim, e o melhor, gostando do que via, pois acariciava seus seios e sua xoxota por cima da roupa. Apenas eu podia vê-la, pois ela estava em um ângulo que não permitia que sua mãe notasse sua presença. Aquilo me deixou louco, a mãe e a filha, que eu tanto desejava, ali, ao mesmo tempo.

Fiz de tudo para retardar o gozo, para aumentar o prazer da jovem voyeur, mas chegou uma hora que não deu pra segurar e enchi a mão de Cris com minha porra quente. Vivian se afastou em silencio, enquanto Cris lavava as mãos. Eu acabei de trocar o chuveiro e Cris me convidou para tomar um suco. Aceitei e fomos para a cozinha, no caminho, Cris pediu a Vivian para preparar o suco, enquanto ela limpava o banheiro, afinal, tinha restos de fios, fita isolante (e minha porra), espalhados no chão do banheiro.

Na cozinha Vivian me perguntou, com uma cara de safada, o que queria, e eu respondi: “Queria que você fizesse o mesmo que sua mãe”, ela me respondeu: “Volta hoje à tarde, que te dou isso e muito mais. Agora você vai tomar um suco de laranja, ok ?”.

Tomei o suco e comecei a imaginar como seria a minha tarde....

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
23/02/2010 23:36:08
Nossa eu adoro esse tipo de vizinha...
05/02/2010 13:54:04
bom demais...
05/02/2010 13:46:06
Eu queria suco de xoxota. Continho bom sô! Exijo a continuação!!! Nota MIIIRR!
05/02/2010 11:29:47
Quem disse que acabou...
05/02/2010 11:28:36
Foi bom embora acabasse no melhor da festa.
05/02/2010 11:14:12
muito bom...parabens

Online porn video at mobile phone


entregafor fundeno a cliente na casa dela sem o marido saber contos eróticoscontos eróticos garotinhoprotesto so homem cacetudo peladohttp://contos erotico com o sobrinho no trem rjcasa dos contos trans e lesbicaUma.rolona pra descabacar minha mulher contoso DIU forçando a sobrinha chupar o pau delevidio de homem fosando a mulher a bebe a gosma dele pornodoidowww.contopadrasto/onibusvaldir.piricudopapai me fudendo contos eroticosvídeos de arretando do Duquecontos eroticos gay virei chupeteiro dos senhorehem lavando a rolacinquentona brincando com pauzudo dentro do carroconto tia greluda da para o sobrinhonovinha bem safadaxvixvideo eche di porra amor bucetaconto no cinepornoCorninho cacetudo tapa contotrai com meus alunoschulé conto gaytransei com uma senhora crentecontoeroticos namorada putinhafilho chupa mae dormindo vifeo gratiscontoxvideos tarado olhando a enpregada so de calcinhacontos eiroticos leilapornx videos baininha de boatearrancando o cabaco do cucaconto erotico huntergirls71novinha perdendo avidaditrabalhadora chote curto pornocontos/vi minha tia no puteiromtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1pca groca cabecuda gozando dentro video pornocontos eroticos amiguinhasmae deixando filho olhar por baixo da saia dela vendo calcinha sokadawww.com.xvudeo page mulhe dançano antes de darmadrasta brasileira faz vídeo dando a b******** para o enterro de sua filhinha junto em casaxvideoscomeu por engano contos de sexo depilando a sogra@nubianinfa.comContos eroticos esposa madura ajudando menino de ruaconto dupla penetracao com negrastia fica ecxitada com o tamanho do pau do seu sobrinhoesposa novinha timida gostosa e o sogro roludo contos eroticosmeninas que amolece as pernas quando o pau entra na bucetinha delasconto erotico traicaochantagemvideos Pornodoido.com mulher quase morre transanso cm dois pauzudoSo grafida sendo encochada no trem xvideo comquero ver as evangelicas toda nua e peladinha vigen pernas a bertas peito de fora durinhocontos rel de urologistanovinha deu debaixo do edredom porque estava frio me deu de ladinhofiume porno minha cunhada e crenti eqe traza comigopunhetabr.vai lanora safadas descobri que sogro tem a pica enormepornodoido sogra da cugrade a genro e filha na salaeu lembia a tua cona toudacomendo um cu para ir pra copa pornodoidoxvidios outros purai favoritoscomendo o primo a foçaxvideosfotos da bucetas da sadinacontos em quadrinhos gratis deincestos de homens iperdotadosexvidio porno mulheres que adoram pau grandexvideoporno cresce q ainda nao alguentaposicao papai mamae ponodoidocontos comi miha tia enguanto dormiawww.minha esposa.netaqiXVídeos mulher tomando banho dentro do banheiro e o b****** pego tomando desgraçadavídeos pornô de mulheres fazendo sexo com máquinas postiça