UM MOMENTO COM DENISE

Um conto erótico de Gabriel
Categoria: Heterossexual
Data: 24/03/2009 20:39:21
Nota 10.00

Por Gabriel

A primeira vez que eu vi Denise e Martins foi por acaso, eu os vi transando no teto do condominio . Ela parecia ter gostado de mim, parecia estar se exibindo para mim. Eu senti vontade de ve-la de novo.

Os fofoqueiros do prédio disseram que depois que a mulher de Martins tinha voltado de viagem, ela não apareceu mais no prédio, mas que talvez trabalhasse num shopping do centro.

Porisso que a segunda vez que a vi foi meio proposital. Eu estava em frente ao tal shopping e vi Martins descendo do carro e entrando. Eu o segui, de longe.

Então a vi. Encontraram-se , trocaram beijos e ela me viu. Começaram a andar na minha frente, de mãos dadas. De vez em quando ela virava o rosto, sem ele perceber. Sua bunda, apertada por uma calça jeans ,gingava ao compasso do seu andar. Martins apertava a cintura dela.

Pararam na praça de alimentação, eu fiquei mais distante, observando. Sentaram-se numa mesa, com mais algumas pessoas. Ela conversava, disfarçava e me olhava. Fiquei parado em pé, ao lado de uma loja.

Ela disse alguma coisa para as pessoas e saiu, passou por mim, senti seu perfume, passou requebrando, deixei -a alguns passos à frente e a segui. Quando estavamos longe dos olhares dos outros, alcancei-a e disse " oi, lembra de mim ? ". Ela não disse nada, me olhou profundamente e me deu um papelzinho. " - Me liga" . Entrou rapidamente no banheiro.

Esta é a terceira vez que nos vemos. Eu já avancei sobre ela, devorando sua boca e a deixei nua, quase rasgando sua roupa, louco de tesão . Já lambi e beijei quase todo o seu corpo , e agora ela tira a minha roupa, devagar.. Entreabre os lábios e pede mais um beijo..Mais um dos inúmeros que já demos. A beijo com loucura, enquanto ela pega no meu pau, alisando-o.. É um beijo longo, onde chupo sua língua com furor.. ela vira de costas pra mim, esfregando a bunda no meu pau.. macia...deliciosa.

Ela se esfrega mim.. se arrebitando, subindo e descendo, me deixando louco.. aperto seus seios, esfrego-os , ela vira o rosto para mais um beijo e me diz :

“Fode comigo...me come..” . Aliso seu colo e seus seios, os bicos dos seus seios estão duríssimos . “ estou tesudíssima .." - ela diz - " mais um pouco e gozo sozinha.."

Ela suga minha língua febril , nos abraçamos, nos esfregando. Eu mordo a sua orelha, acaricio sua bundinha, lambo, beijo e mordisco seus mamilos. Ela geme cada vez mais alto. Desço com as mãos e os lábios pelo seu corpo. Coloco uma perna no meio das coxas dela, friccionando com as pernas, sua buceta quente. Ela dança sobre minhas pernas . Acaricio seu corpo com as mãos e a língua,sem pressa, ouvindo-a suspirar e gemer.

Ajoelho-me em frente a ela, coloco uma das pernas no meu ombro e mordo, lambo e chupo a parte interna de suas coxas, Chupo toda a região próxima a sua xaninha, deixando marcas roxas.

Aquilo deixa Denise louca, “ isso, isso, ela diz, me chupa, me chupa logo “. Enquanto aliso os lábios de sua bucetinha com a língua, ela se contrai: “ ah, não vou agüentar, assim eu gozo “,

Eu subo com a língua , a deito no chão, beijando sua boca . Ela diz , quase sussurando “ sou tua, sou tua , me come”.. Deito-me sobre ela, apenas encostando meu pau duro na sua xoxota, chupando seus seios. Ela se contorce , fala um monte de bobagens , me chama de tesão, de gostoso, Eu desço com a língua pela sua barriga, seu umbigo e sugo seu grelinho até ela não agüentar mais e gritar : “ vou gozar, vou gozar...!!!” Ela goza convulsamente, gritando de prazer. Fica deitada, se contorcendo, de pernas abertas, gozando na minha boca.

Eu me levanto, deixo que ela fique curtindo seu prazer um tempo. Então ela se ajoelha e começa a alisar meu pau intumescido. “ Quero sentir esse pau dentro de mim “, vem.. Eu me ajoelho sobre a barriga dela e passo o caralho duro no seu colo, nos seus seios. Denise prende meu pau no meio dos seus seios, sentindo seu calor.

“ você é fascinante, você me deixa louco ! “, eu digo, entre gemidos . Ela pega meu pau e esfrega-o no seu rosto, no seu queixo, beija, lambe, me fazendo urrar de tesão, me torturando. Denise entreabre os lábios e suga a cabecinha do meu pau. Chupa como se chupa um pirulito, com a língua fazendo carinhos na cabecinha. Vai abocanhando aos poucos , apertando e soltando meu pau com a boca, Eu não consigo dizer nada, apenas gemo de prazer, me contorço, ela suga meu pau, que está quase na sua garganta , até que eu estremeço e gozo ..Inundando sua boca com jatos de liquido quente,.. Ela continua lambendo meu pau enquanto eu gozo, cada jato de esperma, me arrepia. Me leva à loucura, ela continua me chupando até eu não agüentar mais..

Então descansamos um pouco . Eu tento conversar com ela, mas ela me pede silêncio, não parando de me acariciar . Nos acariciamos , alisando cada parte de nossos corpos, nos apalpamos, nos beijamos, lambemos, chupamos, até eu ficar de pau duro novamente.

Então Denise me empurra para o chão . “ Agora me come “.ela diz . Então se aperta contra mim , me beijando loucamente , rolamos pelo chão. Ela se deita sobre mim, gemendo, mordendo o lábio inferior. “ Que tesão, que tesão !”

Ela me mantém embaixo dela,abre bem as pernas, esfrega a cabecinha do meu pau no seu clitóris, já inchadinho de tesão. Aos poucos, vai recebendo todo o meu pau dentro de sua buceta.Geme um pouco, e vai subindo e descendo sobre mim, rapidamente. Depois diminui o ritmo e recomeça com toda a força e rapidez. Eu dou estocadas , de baixo pra cima, enlouquecido. Mas ela parece possuída pelo capeta, rebolando em cima da minha vara como uma cadela., gritando um monte de palavrão.. Sua bucetinha se contrai apertando meu cacete, me fazendo estremecer..” Ai, tesão", ela diz , "meu puto gostoso”.

Aumentamos o ritmo, ela pulando sobre mim. Eu gritei “ vadia !!vadia ! “.. Ela solta um grito longo e descompassado..” Ah, assim eu gozo, eu gozo !!” Se contorce, sua bucetinha aperta meu pau e ela goza intensamente. Meu pau fica úmido do seu gozo. Então sai de cima de mim e fica apertando a buceta com a mão, sentindo as pulsações.. , me olhando, sussurando algo que não entendi.

Aproximo meus lábios dos seus, e peço um beijo ... “ Sem carinho, sem beijo, “ ela diz “ Come a minha bunda , goza no meu cuzinho”.. Coloco-a de quatro, sua bunda roliça fica arrebitada. , aliso, esfrego meu pau nela. E dou um tapa bem estalado, que faz seu corpo balançar...

"- isso, bate,seu puto, é assim que eu gosto! bate"'

Eu dou mais tapas nela, deixando marcas..

Deslizo a língua pela sua nuca, suas costas, suas nádegas, lambo o anelzinho de seu cu . Gosto de chupar a mulher assim , de quatro, porque consigo alternar a buceta e o cuzinho. Eu sabia do que ela precisava. E adoro chupar

Lambo seu cuzinho, comprimo a língua sobre ele, enfio a língua dentro de seu cuzinho, Ela se masturba, rebolando. Ao sentir a minha língua, suspende mais um pouco a bunda.

Xingo ela de vadia e bato de novo.. puxo-a pela cintura de encontro ao meu pau e empurro a cabecinha. Ao sentir o impacto , ela grita..: "ai, me rasga !!"

Bato de novo em suas nádegas e forço mais: “ ai que apertadinho, que tesão”, eu digo, De olhos fechados, ela tateia sua xoxotinha, diz sentir dor e tesão.. Puxo-a pelo cabelo e bato novamente em sua bunda “ que porra de puta você è ? nunca deu o cú ? “ eu grito . Ela geme, “ seu pau é muito grande “..Seus dedos fazem carícias agressivas no seu grelinho, eu forço mais um pouco enquanto mordo suas costas e aperto seus seios..

Denise me olha e geme : “me arromba, põe tudo !”

“ Isso, me fode !, acaba comigo “ , ela diz.. Enterro mais fundo e agressivamente. Mais rápido vejo o cuzinho dela engolir meu caralho , eu começo a estocar mais rapidamente e ela geme mais alto.

Puxo-a pelo cabelo ,e lhe xingo de puta, de vadia, de piranha, enquanto meu pau rasga sua carne macia. Ela aumenta o movimento de seus dedos friccionando sua buceta, Eu soco meu pau selvagemente, ela se move no mesmo ritmo que eu.. Eu já estou com o pau todo metido na sua bunda, com as bolas do saco batendo em suas nádegas.. mas quero entrar mais e mais..e ela quer mais, batendo a bunda no meu saco.

Ela estremece e goza nas mãos, logo depois de eu explodir num orgasmo louco dentro dela, apertando-a pela cintura, me contorcendo , xingando – a . A cada jato de esporra eu aperto mais e mais a cintura dela. Deito-me sobre ela, com o pau enterrado, até me drenar todo prá dentro de Denise .

Depois a abraço e beijo sua boca longamente, acariciando sua buceta, seu seios.

Só então conversamos.

E descobrimos que ela não se lembrava de mim naquela noite no teto do condomínio e estava me confundindo com outra pessoa.

Mas já tinha acontecido. Adormeci feliz, com os dedos dentro da buceta dela.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
09/12/2015 15:10:50
Show!!!!

Online porn video at mobile phone


chupando cabecinha e leva gozada na boca coletanea pornodoidomarido sexo a força bebado contosMenina enprensando priquito nas pernascontos eroricos minha filhae enlouquececontos eroticos dei o cu pela primeira ves para salvar o casamento parte doisbem quietinho cornitudeduas morenas com choque na polpa da bunda uma metendo a mão na buceta da outra e pede para chuparconto erotico pegando fogo de tesao insaceavel queria fuder com quaquer um tesao ejagerado demais pegandoContos eroticos curtos esperiencia , sexesul com cachorro zoofilianovinha bududinha querendo um pintaocontossexo de empregada eo filho da patroa notíciasregasso mulher do cornoconto de estrupo em família rasgou meu cudoce nanda parte cinco contos eroticosporno mae ffode com filho no banheroDEI PARA MEU FILHO NO SOFAmamãe quis ir na praia de nudismo contos de incestocontoerotico eu namorada mae e tioQuero comer seu cuzinho tenho local ferraz de vasconcelo liga no zapcontos eiroticos leilapornencoxada conto eroticosobrinha ainda sem peitinho 13 contomulheres disfarssando e mostrando a bucetairmas safadas relatosSOU CRENTE Fui encoxada no ônibuspeguei meu sobrinho mas tenho uma chapuletada rola muito grandechorora xnxxtia doida dançando o créu sem sutiã na frente do sobrinhoveterinaria zoofilia conto eroticolipesonhador casa dos contos gaysemastorba deixa a pessoa magramagrinha gostosa mostrando o pacotào ponovinho do pau bem gandewww.meu vizinho negro me fudeu mundo bicha.comcontos eeroticos gay meu amigo se declarou pra minfui ao banheiro e o negão mostrou sou pau não resistimendiga da o botãozinho por causa de dinheiro XVídeoscontos eróticos-Gabrielaxisvideo casero gemida mas gostosaela soquiria chupa e inguli pora dos pau grandeconto erótico levando injeçãoxvidios mulheres fundeno na ginástica dando uma fududinhacontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorge50 tons de gizfudendo no maranaobucetinha linda eolhadacontos eroticos alex mauconvigem alilado bucetasxvidios meninos saradao esitado cazadinha navsra do dotadoO lutador e o loirinhocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgexvideos essa mulher fezes 32 homens de trouxaConto.erotico sogra tatoadasexo tesao caricia exitante gemido passadas de maos nos seiso na bucetaNudesminha irmao.dorminovideo porno atentano a namorada corno escondidodançarino de funk transando de frango assadoassistir vídeo pornô pega mulher à força por trás tampa a boca no balcãoxvivdeos gay .magros lancando cu com forçaporque pau grande da mais prazer a mulherpratico anal com meu cachorrodei para um pauzudo e quase morricontos eroticos com nulheres de uberlandia assustando com o tamanho da rolacontos eroticos dei a bundinha por balasraspo o bocetao na ciriricameu filho me faz de puta capitulo 8 e 9 relato eroticoestupro esposa contos eroticospadrasto castigando enteada sapecaporno mulheres levam choques na buceta e se tremem todas com as pulsaçõesJoce boqueteiroxvidios travestis na punhetas novingasx videos de vaginade morcinha despropocional linda "virando uma mulher com hipnose"quero abri uma janela parA o porno baiano com bucetaspapai tirou sangre do cu da filinha peituda ponutrai meu marido com o amigo do meu filho porno contomillasissygaleguinha safadinha para meter no Zinho pegadinha que acabaram de abrirconto gay filho foder pai marinheiro